23 de fevereiro de 2017

Delphi uma linguagem de programação com 22 anos que vem para ficar.

Hoje recebi um correio eletrónico da Embarcadero que informava que a linguagem de programação Delphi não confundir com a Delphi Automotive, têm 22 anos é incrível como o tempo passa. O Delphi é uma linguagem de programação dos anos 90 desenvolvida pela Borland que foi o sucessor da linguagem de programação Pascal.

Não sou programador profissional de Delphi mas foi uma das linguagens de programação com que aprendi a programar. A primeira linguagem de programação que aprendi/utilizei foi o Sinclair BASIC do ZX Spectrum a segunda foi o Pascal com o IDE Turbo Pascal 7.0 em MS-DOS. Belos tempos de juventude ;) .

Manual do ZX Spectrum +3
Manual do ZX Spectrum +3





Um dos programas que lembro fazer foi a simulação de um paquímetro que funciona 365 dias do ano acho que ainda tenho o código fonte numa disquete mas já não tenho leitor de disquetes.

Livro de Pascal
Alem do Pascal experimentei o Delphi com o IDE Borland Delphi para Windows.  


O Delphi ainda hoje é muito utilizado e mantido devido ao software legado existente nas empresas. Na empresa onde trabalho faço a gestão/administração de um ERP que foi desenvolvido em Delphi em que armazena os dados no Firebird SQL. Em que alguns softwares de anti-vírus e outros informam que foi compilado e desenvolvido em Microsoft Visual C++ e a identidade do assembly informa CodeGear RAD Studio.

Continua a ser uma linguagem de desenvolvimento fechada. Não é “aberta” ou muito utilizado entre parceiras ou projetos open-souce como Java ou C# . Estas duas são bastante utilizadas em serviços da nuvem do Azure, AWS e outras. Não existe uma oferta para serviços em nuvem para o Delphi e bases de dados Firebird/Interbase continua-se a utilizar máquinas virtuais na nuvem. E para mim isso deve-se a Embarcadero.

Depois do Pascal passei por C, C# e Java. Hoje em dia desenvolvo algumas aplicações para uso pessoal em Java e C#. O ultimo projeto pessoal que fiz foi a conversão de uma aplicação Java para C#. Como Visual Studio é gratuito para uso pessoal voltei a utilizar a linguagem de programação C#.

4 de fevereiro de 2017

Microsoft Azure Machine Learning e HDInsight exames beta

Você é um cientistas de dados, analistas, engenheiros de dados, arquitetos de dados, ou programador de dados que usa serviços em nuvem do Azure para criar e implantar soluções inteligentes ou grandes soluções de análise de dados.

Agora tem a oportunidade de fazer dois exames da Microsoft totalmente GRATUITOS.


Exame 70-774     : Perform Cloud Data Science with Azure Machine Learning (beta)
Registo                : https://www.microsoft.com/en-us/learning/exam-70-774.aspx Código desconto : SCPAZ774EP

Exame 70-775     : Perform Data Engineering on Microsoft Azure HDInsight (beta)
Registration        : https://www.microsoft.com/en-us/learning/exam-70-775.aspx
Código desconto : BPERB775VM

Você deve se registrar e fazer o exame antes 31 de Março de 2017.

Há uma quantidade limitada de inscrições.

Existem algumas limitações de registo do código beta em alguns países (por exemplo, Turquia, Paquistão, Índia, China, Vietname); Você não será capaz de fazer o exame beta gratuitamente nesses países.

Para se preparar para o exame beta pode consultar a publicação do blog: https://borntolearn.mslearn.net/b/weblog/posts/just-how-does-one-prepare-for-beta-exams-without-preparation-materials.

Also, keep in mind that this exam is in beta, which means that you will not be scored immediately. You will receive your final score and passing status once the exam is live. Além disso, tenha em mente que este exame está em beta, o que significa o resultado do exame não é divulgado imediatamente. Você receberá sua pontuação quando o exame passar para sua versão final.

28 de janeiro de 2017

11º Encontro da Comunidade IT Pro Portugal


Estão convidados a participar no 11º encontro da comunidade técnica de profissionais IT Pro portugueses.

É um evento totalmente gratuito, mas sujeito a inscrição prévia em https://itproportugal11.eventbrite.com




Agenda:

18:30 Recepção
19:15 "Configuration Management on Azure with Puppet and Chef" - Istvan Cebrian
20:20 "Soluções de HA/DR com Windows Server 2016 e SQL Server 2016" - Murilo Miranda
20:50 "Azure Security Center can make you more safe" - Vítor Pombeiro
21:20 Sorteio e encerramento

Valide a confirmação na página do Facebook.

15 de janeiro de 2017

É possível fazer certificações da Microsoft apenas por autoestudo


SIM, mas requer uma grande força de vontade e muita dedicação. Não estou a dizer que os Microsoft Official Courseware (MOC) não servem para nada pelo contrário ao frequentar um MOC temos acesso a formação + documentação + laboratórios e um formador que responde a qualquer dúvida que tenha e está presente para o ajudar.

Por autoestudo não temos acesso a nenhum formador presencial mas podemos contar com comunidades técnicas, rede sociais e amigos para tirar algumas dúvidas mas podem não estar imediatamente disponíveis.

Eu passei aos exames 70-532 e 70-532 por autoestudo mas perdi muitas horas de preparação. Apesar de não frequentar nenhum MOC tive alguns custos monetários. Nada é gratuito.

Exame 70-532
No exame 70-532 utilizei vários métodos de preparação laboratórios, livros, vídeos, vários trials do Azure e apontamentos meus.

Comprei os três livros de certificação Azure Exam Ref. Mas com a atualização dos exames em Outubro/Novembro de 2016 não recomendo a compra dos mesmos porque estão completamente desactualizados.


A parte prática é muito importante pode montar um laboratório no seu próprio computador ou em máquinas virtuais o que permite praticar com os serviços do Azure. Os exercícios do MOC estão disponíveis gratuitamente em https://www.microsoft.com/en-us/learning/companion-moc.aspx. Eu utilizei máquinas virtuais no Azure para fazer os exercícios o que permita ter a vantagem de em que podia deixava a máquina sempre ligada e manter o estado dos exercícios e não só.

Durante 4 meses podem fazer os vossos laboratórios gratuitamente em http://blog.pt.rramoscabral.com/p/azure-trial.html explico como podem testar o Azure gratuitamente.

Também utilizei vídeos/vídeo-aulas do Pluralsight, CBT Nuggets, MVA, Channel 9 e Ignite. Sobre o Pluralsight e CBT Nuggets utilizei o trial durante uma semana não em simultâneo apenas é necessário ter atenção de cancelar o trial antes de acabar o período experimental. Apenas tem-se o problema de não se poder utilizar Pluralsight e CBT Nuggets nas próximas certificações. No caso do Pluralsight para quem pretende fazer exames de desenvolvedor ou 70-534 pode ter acesso aos vídeos durante 3 meses.

Fiz os meus próprios apontamentos através do livro + vídeo + documentação do Azure.

Não tenho nenhum problema em dizer que falhei o primeiro exame da Microsoft que fiz devido ao excesso de confiança. Assim tive que mudar o método de autoestudo e ser ainda mais dedicado. Não existe glória sem sacrifícios.
Experimentei os testes práticos da Measureup e recomendo vivamente. Estes testes não incluem as perguntas oficias do exame são perguntas baseadas do conteúdo do exame e cada questão tem a sua explicação e ligações para a documentação da Microsoft. Este tipo de exames é ótimo para testar o nível de conhecimento.


Se não pretenderem comprar um exame prático podem experimentar as questões gratuitas disponíveis da seguinte forma:
•    Teste de demonstração da Measureup - http://www.measureup.com/
•    Teste prático 70-532 do Chris Pietschmann  - https://github.com/crpietschmann/Azure-70-532-Practice-Test
•    Teste prático 70-533 do Chris Pietschmann  https://github.com/crpietschmann/Azure-70-533-Practice-Test
•    Teste de demonstração da Transcender utilizado pela CBT Nuggets -https://www.transcender.com/

Não utilizo Dumps que é uma coletânea de questões de exames de oficias. E não recomendo a sua utilização pelos os seguintes motivos:
•    Primeiro, está enganar a si próprio;
•    Segundo, significa que não percebemos nada e continuamos a não compreender que é uma autêntica ilusão;
•    Terceiro, nada garante que as questões e repostas sejam verdadeiras ou estão corretas. Esta por sua conta e risco;
•    Quarto, ao fazer alguma pesquisa existe muitas pessoas a reclamar que perderam dinheiro e não só. Exemplos:
o    http://www.ripoffreport.com/r/Certplex-Ltd/London-United-Kingdom-WC1N-3AX/Certplex-Ltd-ExamCollection-Avanset-Fake-Guarantees-and-charging-continuously-monthly-sub-1161364
o    http://lessons-learned-from-life.blogspot.pt/2014/07/examcollection-premium-service-scam.html
•    Quinto, confie em vocês próprios façam um plano de estudo se não conseguir fazer um plano primeiro agende o seu exame e assim tem um prazo e uma obrigação que tem de cumprir. Se achar que não está preparado pode sempre remarcar com 24 horas de antecedência da data de marcação.
Com a alteração do método de estudo consegui passar ao exame. Nem todos os métodos de estudo funcionam com todas as pessoas é necessário de criar o nosso próprio método de estudo. A duração de tempo também não é igual para todos, recomendo que pratiquem muito no Azure e utilizem os trials disponíveis.

Alem disto tudo agora tem acesso a um curso virtual Developing Microsoft Azure Solutions no EDX  (https://www.edx.org/course/developing-microsoft-azure-solutions-microsoft-dev233) quando preparei para o exame isto ainda não existia.   


Exame 70-533: Implementing Microsoft Azure Infrastructure Solutions

Para este exame utilizei o mesmo método de estudo mas como já não podia utilizar Pluralsight, CBT Nuggets utilizei o Opsgility. Os Opsgility também têm um trial mas com uma diferença que inclui laboratórios que podemos fazer no azure e é excelente para certificações Azure, Office e Sharepoint recomendo. Continuei a utilizar os vídeos do Ignite e Channel 9.


Voltei a utilizar uma máquina virtual no Azure para fazer os meu laboratório assim todos os ficheiros, documentação ficaram num segundo disco de dados para depois fazer download. Mas nem tudo funcionou em condições tive alguns problemas e tive que fazer redeploy  e mudar o tamanho para resolver alguns dos problemas.

Também utilizei os exames práticos da Measureup e a versão offline para poder testar os meus conhecimentos sem necessitar de um acesso a Internet. A versão offline também dá acesso a versão on-line são 2 por 1.



Nos meus planos de estudo costumo inserir todos os módulos e conteúdos num ficheiro de texto. No seguinte exemplo está uma parte do plano com os Vídeos do Opsgility. Quando acabava de ver os vídeos marcava com X.



Para finalizar se pretendem fazer por autoestudo é necessário ter uma grande dedicação pode demorar três meses ou mais mas não devem desistir. Quando passa a um exame é uma alegria tão grande como sai-se o melhor prémio do mundo. O que significa que todo o trabalho que teve deu furtos se não passar não fique desmotivado eu próprio não passei a primeira apenas fiquei desiludo não significa que tenha desistido.

Existem vários grupos e comunidades que podem ajudar até mesmos os Microsoft Most Valuable Professional (MVP) em que eles podem ajudar pode pesquisar em https://mvp.microsoft.com/en-us/MvpSearch .   

5 de janeiro de 2017

Exames Beta Microsoft SQL 764 e 767 necessitam de mais participantes

É especialista em administração de base de dados e implementação de Data Warehouse.

Até 31 de janeiro de 2017 tem a hipótese de fazer estes dois exames betas gratuitamente.

Exame 70-764: Administering a SQL Database Infrastructure (beta)

Marcação: https://www.microsoft.com/en-us/learning/exam-70-764.aspx
Voucher: ZTNDFS764CC


Exame 70-767 Implementing a SQL Data Warehouse
Marcação: https://www.microsoft.com/en-us/learning/exam-70-767.aspx
Voucher:  BVPYHJ767DD

uma quantidade limitada de lugares.
Estes exames são beta, o que significa que á a sua pontuação final leva tempo, por favor, seja paciente!

Fonte: Microsoft Training and Certification Community

Novos Exames para Cientistas de Dados: Necessitasse de Beta Testers!

Para os analistas e cientistas dados a Microsoft está apresentar uma série de exames! E pode ajudar participando no exame beta! O primeiro é, 773: Analyzing Big Data with Microsoft R, a partir de 3 de janeiro de 2017 até 28 de fevereiro de 2017.


Você é um cientista de dados ou analista que processa e analisa grandes conjuntos de dados utilizando R com a seguinte experiência:

  • Familiaridade com estruturas de dados
  • Familiaridade com conceitos básicos de programação como o fluxo de controlo e scope.
  • Familiaridade com a escrita e depuração funções R


Existem 300 lugares para o exame de beta 70-773.

Isto significa que você pode fazer o exame de GRATUITAMENTE!!! MAS... os lugares são limitados a primeiro a chegar, primeiro a ser servido.

A marcação por enquanto apenas pode ser feita telefonicamente através dos contactos para o serviço de apoio ao cliente da Pearson Vue em http://www.pearsonvue.com/microsoft/contact/ .

Necessita de informar o código de voucher ‘PPCABD773MM’ quando for solicitado o pagamento torná-lo gratuitamente e o seu MS IS não o MS ID. 

Antes de registar pesquise o centro de exames onde pretende fazer o exame em http://www.pearsonvue.com/microsoft/gov/ também pode fazer na sua casa ou escritório mais informações em https://www.microsoft.com/en-us/learning/online-proctored-exams.aspx.

Recursos para exame:


Fonte: Microsoft Learning.

20 de dezembro de 2016

TUGA IT CALL FOR SPEAKERS

Tuga IT logo

Tenho o prazer de divulgar que o próximo TUGA IT vai ser realizado entre 18 a 20 de Maio de 2017 e está a chamar os oradores.
O que é o TUGA IT ?
O TUGA IT é uma associação sem fins lucrativos com o objetivo de promover o conhecimento das várias tecnologias da Microsoft e conta com a colaboração das várias comunidades técnicas portuguesas.
O primeiro evento realizou-se em 2016 nas instalações da Microsoft em Portugal em que estiveram presentes oradores internacionais pode consultar a lista aqui


Como registar e submeter uma sessão
Primeiro deve selecionar ‘CALL FOR SPEAKERS’.

Em que vai mostrar o formulário de registo em alguns dos campos são obrigatórios. Preencha os campos carregue e para finalizar carregue no botão “Register” para submeter o registo.
 
Depois de registar já pode autenticar-se e submeter a sua sessão em ‘SUBMIT A SESSION’.

Após autenticar é obrigatório inserir o titulo da sua sessão se o Abstract não esteja completo pode sempre gravar rascunho e finalizar mais tarde. Quando tiver finalizado pode submeter a sessão.

Atenção deve submeter as suas sessões até 1 de março de 2017.